A Finlândia enlouquece no 1°de Maio!

Por.: Evelyse Eerola

vappu2

 

O Primeiro de Maio é quando a Finlândia entra em festa. Na certa você deve se perguntar: Como assim festa? Sim, para os finlandeses o Primeiro de Maio é uma festa tão grande quanto o carnaval para nós. O conhecido Vappu é uma festa nacional que acorda o bárbaro que está contido no íntimo de cada finlandês.

Na verdade a Finlândia tem poucos feriados oficiais, são dez feriados da igreja e mais dois nacionais que são o Vappu (1° de maio) e o dia 6.12 o dia da independência.

Enquanto que em outros países o dia Primeiro de Maio é comemorado com marchas dos trabalhadores e pelos sindicatos, na Finlândia, a data é motivo de festa e carnaval. Mas esta discrepância tem sua explicação bem lá longe na história medieval, onde uniram-se os vários elementos de uma cultra bárbara com a de outros países e crenças e que deram formato ao que hoje é a cultura e tradição deste país.

Já é sabido que os países do norte da Europa comemoravam com seus rituais pagãos o início da primavera e da colheita. Em vários países se acendiam fogueiras, dançavam-se, comiam e bebiam muito em homenágem a chegada da primavera. Na Finlândia não era diferente e as festividades aconteciam por volta deste período com muita dança, festa e comida.

Os finlandeses acreditavam ser importante comer muito para se fortaleceram para aguentarem os trabalhos de verão. Tudo era regado a bebida, principalmente uma bebida típica que até hoje se toma, o Sima. O Sima é uma bebida fermentada de laranja e mel que algumas pessoas ainda fazem em casa, mas que hoje em dia pode ser encontrada nos supermercados.

Depois, veio os cristãos e aconteceu os sincretísmos. Novas regras religiosas e novas verdades misturam-se aos antigos rituais, ainda com uma ajuda da igreja, aconteceu uma fusão e sobreposição de acontecimentos  que alimentou a mentalidade do povo finlandês, dando origem ao que conhecemos como Vappu.

O nome Vappu origina-se de uma santo alemão, São Valburgista, em inglês Saint Walpurga,  que tem o seu dia no primeiro de maio.  Assim, as comemorações do dia do santo misturaram-se as comemorações da primavera.

A Finlândia começou as comemorações do primeiro de maio em 1700, só que não pelos trabalhadores, mas pelas famílias mais abastadas que seguiam e recriavam as tradições. Nesta época, as famílias ricas enfeitavam suas carruagens e saiam desfilando pelo centro das vilas ou comemoravam em suas casas bebendo champanhe. Em 1800 os filhos destas famílias mais abastadas que se formavam no ensino médio passaram a demonstrar nesta festa que eles eram diferentes dos trabalhadores porque tinham estudado.  Uma vez que naquela época o ensino não era acessível aos pobres.

Quando estes jovens se formavam, recebiam rosas e um lindo chapéu branco estilo marinheiro que é usado até hoje. Desta forma, quem tivesse o chapéu se diferenciava do resto do povo que era pobre e não teve condições de estudar. O chapéu se tornou símbolo de estatus e incrivelmente ainda é até hoje.

O interessante é que quando o dia nacional do trabalho veio para a Finlândia, talvez lá por 1920, pelo menos a Rússia reconheceu neste ano, o finlandês não aceitou. Houve várias divergências de opinião, conta a história que a maioria, principalmente a elite não concordou que o Vappu fosse transformado em dia dos trabalhadores.

Aqueles que reconheceram o dia, os sindicatos e, principalmente o partido comunista e partidos de esquerda, faziam marchas com  suas bandeiras e realizavam discursos no Hakaniemitori. Depois que o sosialismo ruiu perdeu-se muito do seu significado, mas mesmo assim, ainda existem alguns pequenos eventos que relembram o dia dos trabalhadores. Estes são, no entanto, sobrepostos pela grandiosidade da festa do Vappu.

Alguns condenam a elite por carnavalizar o Primeiro de Maio tentando diminuir seus caráter político e social. Outros dizem que é uma demonstração de poder desta sobre a massa pobre e que persiste até hoje. Mas na verdade, este dia já era um dia de festa e o finlandês simplesmente “bateu pé” e não aceitou mudar esta tradição.

O certo  é que a Finlândia mantém esta tradição até hoje. Todos aqueles que se formaram no ensino médio resgatam os seus chapéus do armário e junto com os seus casacões, sobretudos de cor clara, fazem a festa nas praças e parques públicos regadas a muita champanhe.

O Vappu é o único dia do ano em que a Finlândia toda está em festa. Muitos balões coloridos, serpentina por todos os lugares, fantasias e máscaras. Os piqueniques são comuns e todos bebem muito, mesmo aqueles que não têm o chapéu.

A introdução das fantasias veio da tradição da limpeza de primavera. Os finlandeses fazem duas grandes limpezas por ano em suas casas. Uma na primavera e outra para esperar o natal. Assim, conta a tradição, eram achados muitas roupas e acessórios velhos e daí aproveitava-se usando para brincar no Vappu.

A festa oficialmente começa já na véspera às 18h, onde os estudantes universitários colocam um grande chapéu numa estátua do centro de Helsinki chamada Havis Amanda e erguendo suas taças abrem oficialmente o Vappu. Aglomeram-se muitas pessoas para verem o ritual e este é televisionado. A partir daí tudo vira carnaval, brincadeira e muita bebida. No outro dia a festa continua no parque Kaivopuisto onde é o local preferido para os piqueniques.

Os estrangeiros não entendem como um povo tão tímido e contido consegue se soltar tanto e fazer uma festa tão grande. Este aspecto peculiar da personalidade finlandesa, que se libera com a bebida, é comum a todos os países onde o povo é regulado por um clima severo.  O verão é curto e tem que se aproveitar literalmente “até a última gota”.

Festa de elite ou não, o Vappu é um grande acontecimento que vale a pena acompanhar, especialmente para aqueles que vivem perto da região de Helsinki.

Desejo aos meus leitores um bom Vappu –
Hyvää vappua Kaikille!!

  • Este artigo foi escrito originalmente para o blog ProjetoFinlândia em 2014

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s